| bem_passado

guinski , luiz antonio ; guinskimail@gmail.com ; guinski_1@yahoo.com ; guinski.com

|
Um amigo reclamou, nas redes sociais, do fato de ter seu nome esquecido em uma recém anunciada retrospectiva a respeito do Salão Paranaense de Artes(MON-Museu Oscar Niemeyer). Justo ele, o artista que mais recebeu prêmios em todas as edições do certame! Na retrospectiva, nem poderia deixar de ser, organizada pelo próprio governo que patrocina o Salão(há décadas) - os curadores contratados pelo governo do estado do Paraná devem ter dado o direcionamento que mais lhes interessava. Nessas situações, a isenção é comprometida, quem assume tal tarefa sempre busca agradar quem o contrata. É uma distorção, mas é da natureza, em situações que envolvem políticos, premiar apenas aqueles que mais lhes são simpáticos naquele momento - a precisão histórica, documental ou técnica é sempre preterida. Há tempos não dou muita importância para eventos organizados por governos. Eles são mesmo tendenciosos, ficam sob o jugo de administradores, funcionários públicos ou subcontratados, coincidentemente sempre os mesmo gatos pingados, que, aliás, forçam um evidente dirigismo. E não é de governos empregar os mais capacitados; quando o fazem, buscam anulá-los. Eficiência técnica e conhecimento tolhem os interesses políticos, é preciso subjugá-las. Esse amigo, em sua época, também se prevaleceu de tamanho cacoete. É um bom artista, é boa pessoa, e na época das suas premiações gozava de muito prestígio junto aos dirigentes de governos. Aproveitou o quanto pode. Agora a turma é outra e ele ficou de fora da mostra, não teve seus quadros expostos.

| ellas_em_fogo

guinski , luiz antonio ; guinskimail@gmail.com , guinski_1@yahoo.com ; guinski.com

| ruído_gráfico

guinski, luiz antonio ; guinskimail@gmail.com; guinski.com
Estou sempre fotografando, no interior do estúdio(desenhos, pinturas, já realizadas ou em processo) ou praticando a chamada street photo, tomadas realizadas em caminhadas pelo bairro ou no centro da cidade, em sua maioria. E não é de agora que uso fotos em meus trabalhos, sejam analógicos ou digitais, fotos tiradas por mim, ou, como costumam dizer atualmente, apropriações de imagens publicadas em livros, revistas, manuais ou material publicitário... na internet encontro uma infinidade de imagens que servem como base para um grande número de criações. Algumas servindo apenas como referência, outras, em trato como a colagem, aplicadas a trabalhos mistos de pintura e desenho.